terça-feira, 6 de outubro de 2009

Transcendente

"Todos os sentimentos lhe tocam a alma, alegria ou tristeza 
Se espalhando no campo, no canto, no gesto, no sonho, na vida 
Mas agora é o balanço, essa dança nos toma, esse som nos abraça, meu amor."
Milton Nascimento, por Maria Rita

Meu coração é do tamanho do mundo. Aqui dentro ele bate, pulsa, (re)pulsa. Para, às vezes. E me move junto com toda a minha vontade e urgência de viver. Sou capaz de me emocionar por coisas tão simples e por vezes tão bobas que nem eu mesma acredito. Me espalho, me ajunto, faço versos, faço prosa e me perco em tanto sentir.

Meu coração me faz viver na minha eterna antítese menina-moça-mulher;  "menina quando sorri e senhora nas incertezas". Menina-forte, mulher-frágil, baba-de-moça doce que só. 
Meu coração me faz música, letra e dança. Vontade de dançar envolta em cores, braços, abraços, gestos, sorrisos, delícias. Riffs de guitarra, vento, sol no rosto, samba, bossa-nova, pura bossa. E explodir canções, poesias e amores. Amor. Esse amor transcendental que me toma por inteiro e me faz crer na vida e em tudo que há de bom pra se viver. Amor transcendental que sou. E sempre serei.

 -----------------------------------------------------------------

PS: Desculpem a inconstância, mas a medicina tem me tomado por inteiro meus queridos!
Beijos e sorrisos!

7 comentários:

Daniela E. disse...

lindo blog, lindo texto, parabéns :*

Hosana Lemos disse...

que teu coração permaneça assim sempre, alegre, vívido!
^^

bjos

Jaya disse...

Teu coração é meio irmão do meu. Teu jeito de ser amor me faz te enxergar como sendo feita dele. Também sou.

P-o-e-s-i-a!

Que a medicina não te roube pra ela, porque a gente precisa desses teus espasmos adocicados, aqui.

Um beijo, Lud.

Kaio Rafael, disse...

Aaah, *-*'

Tão gostoso ler que alguém ama tanto o mundo,
Isso me enche de esperança, me faz recuperar as forças, ^^'

Uma injeção de ânimo, senhorita,

Beijos carinhosos, ;***

Ingrid disse...

Texto lindo, esbanjando sentimentos. Parabéns!

E essa tal de medicina dá um trabalhoo! :)

beeijo

Felipe Braga disse...

Se perde em tanto sentir? E eu adoro me perder por tuas palavras. Ou seria me encontrar? rs

Beijos.

Marcelo Mayer disse...

obrigado pela visita, estarei lendo seus textos com muita atenção
desde já agradeço, mais uma vez, sua visita